Primeiro ano de Betinho

Dia 09/05/2017 Betinho vai fazer 1 ano! Acho que todos os pais de primeira viagem passam por uma experiência muito intensa nessa fase, aqui em casa não foi diferente. Vou tentar compartilhar um pouco do que eu passei.

A primeira coisa para o pai é que, por mais que ele se prepare, estude e tudo mais, a experiência só começa mesmo quando o filho sai da barriga da mãe. Antes disso nós somos meros ajudantes de grávida :P. Tentamos fazer ela se sentir bem, ajudamos onde podemos, realizamos desejos e ficamos grudados na barriga para tentar sentir aquele chute. Nessa fase eu fiquei bem ansioso, queria que o nono mês chegasse logo para eu ter a chance de pegar ele e realmente cuidar do filho, não só da mãe :).

Com ele fora da barriga, o primeiro mês foi bem intenso para mim. Não porque ele deu trabalho, disso eu não tenho o que falar, Betinho até agora tem nos ajudado de todas as formas. O problema é que eu tinha zero experiência prática… Não sabia como segurar ele direito, como trocar a fralda, dar leite, colocar para dormir, vestir a roupa ou qualquer outra coisa que se faz com um bebê. Para essa fase meu lema foi: vou fazer tudo! Não importa se seu sabia, pedia para Larissa ficar do meu lado e ia fazendo.. E aí não tem jeito, começou a repetir algo, você aprende.

Depois que cuidar dele ficou mais tranquilo, eu cheguei na fase que “queria que as coisas acontecessem”. Quando ele vai rolar? Controlar os braços? Encaixar as peças de um brinquedo!? Depois dos movimentos mais básicos, vem a parte de falar algo, andar… Eu tentei me controlar ao máximo, sempre brinquei com ele de modo a exercitar tais movimentos, mas tentei me manter o mais tranquilo possível. Não vou dizer que não fiquei ansioso, mas foi bem ok. Outro ponto importante é tentar não comparar com outras crianças. Cada uma tem seu tempo e todas elas tem o resto da vida para fazer tudo. Uns meses para lá ou para lá não vão fazer diferença.

Eu sonhei tanto em ser pai que para mim o primeiro ano não foi além do que eu esperava. Eu já imaginava que ia sentir um negócio maluco pelo meu filho e que ia ficar viciado em ficar e cuidar dele. O que eu não imaginava é que ia ficar tão encantado com a beleza da vida em si. Ver ele aprendendo cada uma das coisas é muito impressionante. Lembrar que um ano e nove meses atrás ele era apenas um pontinho na barriga de Larissa é mais maluco ainda.

Ainda nessa semana volto com outro post para contar a incrível história da festa de aniversário dele. Larissa se engajou numa operação boleira que rendeu uma ótima festa! Como é de praxe, vou pedir para você deixar um comentário compartilhando as suas sensações após o primeiro ano :).

Anúncios

Autor: Alberto Souza

Desenvolvedor e Instrutor pela Caelum.

Uma consideração sobre “Primeiro ano de Betinho”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s