A hora do sono – Parte 1

Quando nossos filhos nascem, depois de passar por toda a adrenalina, ao sair do hospital começam a surgir algumas questões práticas relacionadas ao dia a dia do pequeno dentro de casa. Uma dessas questões, muito importante, é o sono. Essa é uma área potencialmente problemática, o sono mal resolvido afeta a vida de todos os envolvidos. Nesse post eu vou tentar explicar um pouco da nossa estratégia com Betinho.

Existem vários livros que abordam esse assunto. Aqui em casa, Larissa começou a ler o “Nana Nenê” e eu peguei emprestado um outro que chama “A encantadora de bebês”. Para a gente, o “Nana Nenê” era muito robótico, definia uma rotina militar e falava como se todos os bebês fossem iguais. Enquanto isso, “A encantadora” tinha uma linha bem mais leve e foi essa que resolvemos adotar.

Algumas dicas foram valiosas e usamos até hoje. A primeira delas é que o bebê precisa tirar algumas sonecas durante o dia (vai variando conforme a tempo passa). Só que aí entra uma questão beeeeem complicada, tais sonecas não devem passar de 1:30 ou 2 horas, afinal você quer que seu filho descanse, mas não que descanse muito para ficar acordado a noite :). Outra dica essencial foi sobre a importância de uma rotina alimentar, aqui em casa, Betinho seguiu essa rotina desde o dia que chegou.

Quando digo que essa parte do intervalo do sono é complicada, é porque ninguém gosta de acordar a miniatura de gente quando ele está dormindo. Além disso, seus pais, amigos etc ainda ficam falando mal de você :). De todo jeito fizemos bastante isso com Betinho, durante o dia, sempre acordamos ele para comer nos horários e tudo mais. Quando digo que a encantadora não era militar é porque ela colocava essa rotina como uma sugestão e, em nenhuma hora afirma que isso é o correto, ou a única forma de conduzir esse processo. Apenas tenta mostrar as vantagens e desvantagens de cada abordagem.

Outro detalhe que ela ensina é que pegar no sono é um processo, nossos filhos não tem um botão que liga/desliga. Quando chega perto do horário que é bom para Betinho dormir, nós pegamos ele, levamos para o quarto, deixamos a luz apagada e encerramos qualquer atividade que deixe ele muito agitado. No máximo ficamos lendo um livro para ele até que seja demonstrado os primeiros sinais de sono. No caso de Betinho esses sinais são: uma coçada de olho, pegar o pano e ficar esfregando no rosto ou até uma chorada de leve (pedindo para dormir).

Não sei se foi sorte, mas seguir as dicas dela e não desistir nas primeiras tentativas nos trouxe uma certa paz nessa área do sono. Betinho tem horários de sono muito bem definidos e nós conseguimos passar por esses primeiros 10 meses sem parecer zumbis e ainda mais importante, sem que todo mundo na casa fique sempre pronto para brigar, já que poderíamos estar super cansados.

esse é Sr. Sono, o companheiro de sono de Betinho

Nesse post ainda faltou falar mais detalhadamente sobre a parte do sono que envolve a noite em si. Volto durante essa semana ainda para completar, porque ter uma boa noite de sono é o que enche o tanque para o próximo dia. Como é de praxe, se você quiser compartilhar algum detalhe da rotina de sono do seu filho, faça um comentário :). Eu e os outros leitores ficaremos mais que felizes de ter essas referências.

Anúncios

Autor: Alberto Souza

Desenvolvedor e Instrutor pela Caelum.

4 comentários em “A hora do sono – Parte 1”

  1. Sensacional! Vou indicar essa leitura para algumas pessoas! E quando Betinho estiver maior, recomendo a leitura do ‘Eduque com carinho’ da Lidia Weber. É maravilhoso e vai bem dentro da abordagem que vocês já seguem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s